Sábado, Dezembro 3, 2022
spot_img
- Publicidade -spot_img

Início da semana deve trazer normalidade na urgência noturna

- Publicidade -spot_img

A urgência cirúrgica do Centro Hospitalar da Póvoa de Varzim/Vila do Conde ainda vai fechar na noite de sábado para domingo, pelo segundo dia consecutivo, mas deve depois regressar ao funcionamento normal.“Por dificuldades pontuais de preenchimento da escala, a Urgência Cirúrgica encerra, neste fim-de-semana, no seu período noturno (concretamente, na noite de sexta para sábado e esta noite de sábado para domingo, entre as 20h e as 08h), mantendo a resposta normal no horário diurno”, reconheceu o Conselho de Administração em comunicado.

Na nota de imprensa, é explicado que o problema foi devidamente acautelado: “Neste período de duas noites de encerramento da Urgência Cirúrgica, a estrutura em rede do Serviço Nacional de Saúde garante todos os cuidados e acautela todos os riscos, mercê da agilização de esforços com o CODU e a Unidade Local de Saúde de Matosinhos / Hospital Pedro Hispano (hospital referência), para onde, este fim-de-semana, são encaminhados, no horário noturno, os doentes que necessitem de cuidados ao nível de urgência cirúrgica”.

José Gaspar Pais revelou ainda que o problema está em vias de resolução: “Esta dificuldade pontual de preenchimento da escala noturna será ultrapassada (com o empenho e os esforços de todas as estruturas, serviços e profissionais do CHPVVC), de modo a garantir o pleno funcionamento de todas as escalas ao longo do mês de dezembro, período tradicionalmente difícil (em matéria de preenchimento de escalas), mercê da época festiva e das circunstâncias sanitárias vigentes”.

No mesmo documento, “O Conselho de Administração do CHPVVC, em conjunto com as Direções de Departamento e Serviços, reconhece o empenho e brio dos seus profissionais envolvidos no processo, quer do mapa de pessoal, quer os seus prestadores de serviços, que desde sempre têm conseguido acautelar o normal funcionamento das escalas do Serviço de Urgência Médico-Cirúrgica”.

A fechar a informação emviada à redação da Onda Viva, “contestando o argumentário divulgado, no sentido de que existem escalas por assegurar, o Conselho de Administração sublinha que a elaboração destas mesmas escalas consubstancia um processo dinâmico e que, salvo imponderáveis de última hora, ou de força maior, ficarão totalmente preenchidas as escalas relativas ao mês de dezembro, com recurso ao trabalho, quer de profissionais do Centro Hospitalar, quer de médicos tarefeiros”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_imgspot_img
Password protection
Enter Password To Unlock This Content
The Password is: 123
Unlock content
Want to collect
more emails?
Learn 10 of the most effective list-building power mover and grow your list fast.
Download the FREE guide