Sábado, Julho 13, 2024
spot_img
- Publicidade -spot_img

Vítor Costa preocupado com as perturbações nas urgências

- Publicidade -spot_img

Há mais de dois mil médicos em todo o país que já se recusaram a fazer mais do que as 150 horas extraordinárias anuais previstas na lei. Praticamente todos os hospitais do Serviço Nacional de Saúde estão com em dificuldades para fazer as escalas de urgência. O Centro Hospitalar Póvoa de Varzim/Vila do Conde não é exceção.

Os dados do movimento Médicos em Luta dizem que 11 especialistas de Cirurgia Geral e três internos entregaram declarações de recusa, assim como oito especialistas de Medicina Interna e três internos dessa especialidade.

O presidente da Câmara de Vila do Conde, Vítor Costa, está preocupado com a situação, mas confia que o bom-senso prevalecerá. O autarca deixa mesmo um apelo aos médicos. A Câmara, explica ainda, está ao dispor para aquilo que for necessário.

A recusa dos médicos que já está a provocar vários constrangimentos nas urgências da região, conforme já lhe contamos aqui e aqui.

- Publicidade -spot_img
Password protection
Enter Password To Unlock This Content
The Password is: 123
Unlock content
Want to collect
more emails?
Learn 10 of the most effective list-building power mover and grow your list fast.
Download the FREE guide