Sexta-feira, Junho 21, 2024
spot_img
- Publicidade -spot_img

PSD e Pinhão Ferreira em desacordo quanto à guerra em Israel

- Publicidade -spot_img

A última assembleia municipal da Póvoa deu muito que falar, especialmente pelo desentendimento entre partidos sobre diversas medidas. Uma delas foi a do Partido Socialista (PS), vinda de Silva Garcia que visava apelar à paz e à proteção dos direitos humanos por parte de Israel na Faixa de Gaza. Após votação, existiram dois votos contra. Um deles vindo de Miguel Rios, deputado do Chega, o outro de Afonso Pinhão Ferreira, presidente da assembeia municipal. O deputado do PSD opôs-se ao seu próprio partido e foi o único membro a “furar” a votação com um voto contra.

Após o encerramento da assembleia, Silva Garcia manteve os seus ideais e afirma que Israel merece os cuidados necessários. O político acrescenta ainda que não são os imigrantes que dão despesa ao nosso país, eles até contribuem para o equilíbrio dos cofres da Segurança Social.

A maior mentira, para o socialista, é a ilusão que existe sobre a segurança em Portugal.

A moção a favor da paz na Faixa de Gaza e pelo fim da violência por parte de Israel dividiu o PSD na última assembleia municipal.

- Publicidade -spot_img
Password protection
Enter Password To Unlock This Content
The Password is: 123
Unlock content
Want to collect
more emails?
Learn 10 of the most effective list-building power mover and grow your list fast.
Download the FREE guide