Sexta-feira, Junho 21, 2024
spot_img
- Publicidade -spot_img

Professor que publicou vídeos ‘obscenos’: mais um episódio

- Publicidade -spot_img

O professor da Escola Secundária Eça de Queirós que publicou, no YouTube, vídeos com um conteúdo que pais de alunos consideraram  obscenos (a direção do estabelecimento também desaprovou) vai ficar suspenso  “até à conclusão do processo disciplinar ou até ao final do ano letivo” . A informação é avançada pelo Jornal de Notícias que refere que  a secretária de Estado da Educação, Inês Ramires, indeferiu o recurso de Manuel Ribeiro por entender que presença do docente “desestabilizaria” a escola e podia até “prejudicar a descoberta da verdade” pelo “eventual condicionamento dos alunos [testemunhas no processo]”. O docente insiste que são tudo “mentiras e calúnias” de uma “associação criminosa de malfeitores” e garante que estão a desrespeitar a sua “liberdade de expressão”.

Recorde-se que o professor foi suspenso a 23 de setembro de 2021 depois de, segundo pais e alunos,  ter tentado mostrar vídeos no seu canal de Youtube  “onde aparece a dizer frases de cariz sexual, nu e em cuecas e, noutras situações, retirou a máscara na sala, “demonstrando uma atitude negacionista”.

O diretor da Secundária instaurou-lhe um processo disciplinar e, no dia seguinte, o Ministério suspendeu-lhe preventivamente as funções por 90 dias e abriu uma investigação. No passado mês de dezembro, conta o JN,  ainda sem conclusões da Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), a suspensão foi prorrogada. Manuel Ribeiro recorreu então, mas secretária de Estado negou-lhe agora provimento.

- Publicidade -spot_img
Password protection
Enter Password To Unlock This Content
The Password is: 123
Unlock content
Want to collect
more emails?
Learn 10 of the most effective list-building power mover and grow your list fast.
Download the FREE guide