Sábado, Junho 15, 2024
spot_img
- Publicidade -spot_img

Presidente alerta que SAD é a única solução para viabilizar Rio Ave

- Publicidade -spot_img

“O Rio Ave necessita, urgentemente, de injeção de capital para continuar a honrar os compromissos. Se não o fizer no imediato, o futuro breve do clube está irremediavelmente comprometido”, afirmou Alexandrina Cruz à Agência Lusa.

A presidente vai no próximo domingo, em assembleia geral extraordinária, apresentar aos sócios uma proposta de alteração da atual SDUQ, que gere o futebol profissional, numa SAD, considerando que esse é o único modelo para o Rio Ave manter “o equilíbrio financeiro e salvaguardar a competitividade na I Liga”.

“A exigência que todos temos nos resultados desportivos do clube não se coaduna com as receitas anuais. Se já antes esse equilíbrio era difícil, a descida de divisão e a privação de vender ativos lançou-nos numa espiral negativa, de onde só conseguiremos sair com parceiros fortes numa futura SAD”, acrescentou Alexandrina Cruz.

A dirigente revelou que “já há algum tempo estão a ser auscultados potenciais parceiros” e assegurou que tem um investidor externo interessado em participar, no imediato, no projeto da SAD: “Surgiu uma oportunidade concreta que considero ser única, tanto em termos financeiros como desportivos. Por respeito aos sócios, guardo para esta assembleia geral todas as informações relativas à possível criação da SAD e ao investidor”.

Alexandrina Cruz prometeu que “será explicada a atual situação do clube”, para que os sócios possam decidir, mas assumiu que não tem uma alternativa caso rejeitem a criação da SAD com a presença de um investidor externo: “Não existe um plano B, na medida em que para o Rio Ave ter viabilidade financeira, para continuar a ter a ambição desportiva, precisa de maior liquidez financeira, que só obterá com o estabelecimento de uma parceria forte com um investidor, através da constituição de uma SAD”.

A dirigente reconheceu que os sócios esperariam um período de análise e ponderação maior, mas alertou que “a situação financeira atual força a uma decisão rápida e imediata”, lembrando que “os resultados financeiros das últimas épocas têm sido negativos”. “Espero que todos os sócios compreendam, para que o Rio Ave possa continuar a se posicionar no topo do futebol português”, concluiu a Alexandrina Cruz.

A assembleia geral está agendada para domingo, às 09h, no Teatro Municipal de Vila do Conde.

- Publicidade -spot_img
Password protection
Enter Password To Unlock This Content
The Password is: 123
Unlock content
Want to collect
more emails?
Learn 10 of the most effective list-building power mover and grow your list fast.
Download the FREE guide