Quinta-feira, Fevereiro 29, 2024
spot_img
- Publicidade -spot_img

Mais um passo para separar freguesias

- Publicidade -spot_img

Foi um dos assuntos mais falados na campanha eleitoral – a desagregação das freguesias que foram unidas à força – e a Câmara de Esposende já fez saber que vai “dar inicio” ao processo que visa separar as agregações impostas em 2013.No mês passado foi aprovada uma lei que permitirá a reorganização do mapa administrativo em Portugal e Esposende quer ter tudo acertado para que, rapidamente, volte a ser como era, antes da tal alteração do território que atingiu 232 municípios.

No seu caso só Antas, Forjães, Vila Chã e Gemeses, se mantiveram autónomas. O executivo e assembleia municipal desde sempre se manifestaram contra “os casamentos à força” das freguesias e o primeiro passo para o divórcio será dado já na sexta-feira às cinco da tarde, no Salão Nobre, com uma auscultação de vereadores, deputados e elementos das terras em causa: Apúlia, Fão, Fonte Boa, Rio Tinto, Esposende, Marinhas, Gandra, Palmeira de Faro, Curvos, Belinho e Mar. A Câmara que dá conta do agendamento explica que com o encontro “pretende-se definir a calendarização das ações a tomar nos termos da mesma e dentro dos prazos definidos da lei”. O presidente da autarquia, Benjamim Pereira, justifica que a todos há agora uma missão: “no seguimento dos compromissos assumidos perante as populações, cumpre-nos dar andamento ao processo de desagregação”, sublinha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img
Password protection
Enter Password To Unlock This Content
The Password is: 123
Unlock content
Want to collect
more emails?
Learn 10 of the most effective list-building power mover and grow your list fast.
Download the FREE guide