Domingo, Fevereiro 25, 2024
spot_img
- Publicidade -spot_img

Demissões de chefes por causa de ‘grave carência’

- Publicidade -spot_img

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) adiantou este sábado que os chefes de equipa de urgência do Centro Hospitalar Póvoa de Varzim/Vila do Conde (com exceção da diretora do Serviço que também tem esse posto) apresentaram uma carta de demissão ao Presidente do Conselho de Administração e ao Diretor Clínico, por causa da” grave carência de recursos humanos médicos (…) que já não permite assegurar cuidados em segurança para os doentes”.

O SIM sublinha que “a título de exemplo, nas noites de 31 de dezembro de 2021 e 1 de janeiro de 2022 em vez de cinco médicos há apenas dois médicos para os doentes da área médica”. E mais: “os cuidados que eram assegurados por dois médicos de Medicina Interna e três médicos generalistas, passam agora a ter de ser assegurados por apenas dois médicos de Medicina Interna”, lê-se na publicação sindical.

“Isto inclui atender não só os doentes triados com vermelho e laranja, executar tarefas inerentes ao chefe de equipa e proceder a transportes de doentes críticos, como também atender todos os doentes da área médica triados com verde ou amarelo e apoio à área dedicada a doentes com COVID-19 ou suspeitos de COVID-19”, acrescenta o sindicato que adianta a informação de que se verificará “ainda a ausência de médicos no Serviço de Urgência de Ginecologia/Obstetrícia nas noites de 31 de dezembro de 2021 e 1 de janeiro de 2022”. Assim sendo, “a situação é de enorme gravidade uma vez que estamos perante um centro hospitalar ao qual recorrem grávidas e parturientes de todo o país por acharem que é o centro hospitalar de referência onde podem ter o parto, não havendo qualquer aviso às grávidas de que a urgência de Obstetrícia está encerrada nessas noites”.

O Sindicato adianta que já foi agendada uma reunião com o Centro Hospitalar “na expectativa de que rapidamente sejam criadas condições para a contratação e fixação de médicos”. Até esta altura, a administração do Centro Hospitalar ainda não reagiu à situação relatada pelo sindicato.

A Rádio Onda Viva mantém esta notícia em aberto e em atualização.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img
Password protection
Enter Password To Unlock This Content
The Password is: 123
Unlock content
Want to collect
more emails?
Learn 10 of the most effective list-building power mover and grow your list fast.
Download the FREE guide