Sábado, Junho 22, 2024
spot_img
- Publicidade -spot_img

Conserveira Gencoal quer despedir 97 trabalhadores

- Publicidade -spot_img

A fábrica de conservas Gencoal, situadas nas Caxinas, anunciou o despedimento de 97 trabalhadores. A empresa, que pertence ao grupo italiano Generale Conserve, justifica-se com um contexto adverso para a indústria conserveira.

De acordo com o jornal Público, os 97 trabalhadores foram informados do despedimento coletivo em comunicação entregue em 14 de março. Este número representa mais de um terço da força de trabalho atual da Gencoal, que emprega 277 pessoas.

A empresa, que foi salva da falência em 2009 pela Generale Conserve, produz conservas de cavala e salmão, destinadas à revenda pelo grupo italiano. No entanto, nos últimos tempos, enfrentou várias contingências, incluindo rupturas nas cadeias de abastecimento e aumento dos custos das matérias-primas e energia. Agora, diz que essas dificuldades se refletiram na queda do volume de vendas da empresa-mãe, que afetaram diretamente a Gencoal e obrigam à redução do quadro de pessoal.

Durante a pandemia, a Gencoal chegou a empregar 450 pessoas. Desde então, tem vindo a reduzir o quadro de pessoal, em contraciclo com o crescimento do setor das conservas em Portugal, que continua a prosperar, com investimentos significativos e aumento das exportações.

- Publicidade -spot_img
Password protection
Enter Password To Unlock This Content
The Password is: 123
Unlock content
Want to collect
more emails?
Learn 10 of the most effective list-building power mover and grow your list fast.
Download the FREE guide