Quinta-feira, Dezembro 1, 2022
spot_img
- Publicidade -spot_img

Aterro encostado à Póvoa: já há previsão de abertura

- Publicidade -spot_img

O aterro sanitário que está a ser construído encostado à Póvoa de Varzim (na imagem da direita) vai entrar em funcionamento já “nos primeiros meses de 2022”. A estimativa foi transmitida ontem pelo administrador delegado da Resulima, Rui Silva, ao presidente da Câmara de Barcelos, Mário Constantino (na fotografia da esquerda, o primeiro a contar da direita) que ontem visitou o empreendimento que significa um empreendimento de 30 milhões de euros. É isso que se pode ler numa informação lançada posteriormente pela autarquia barcelense. O espaço ocupa doze hectares da freguesia de Paradela, mas confronta com Laúndos precisamente no local onde em tempos  existiu uma lixeira entretanto recuperada e selada pela Lipor- sistema onde está o município da Póvoa de Varzim. Pois ali mesmo está a surgir um aterro novo para receber 800 mil metros cúbicos de resíduos que não podem ser recuperados na pela Resulima, a empresa que  tem como acionistas as câmaras de Barcelos, Esposende, Viana do Castelo, Ponte de Lima, Ponte da Barca e Arcos de Valdevez ( no conjunto detêm 49 por cento do capital) e a Empresa Geral do Fomento (51 por cento). Em rigor o aterro denomina-se “Unidade de Confinamento, Preparação e Tratamento de Resíduos Urbanos”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_imgspot_img
Password protection
Enter Password To Unlock This Content
The Password is: 123
Unlock content
Want to collect
more emails?
Learn 10 of the most effective list-building power mover and grow your list fast.
Download the FREE guide