Domingo, Junho 16, 2024
spot_img
- Publicidade -spot_img

Amkor vai ampliar as instalações e contratar mais 800 pessoas

- Publicidade -spot_img

A Amkor (ex-Qimonda) vai construir, em Vila do Conde, o maior centro europeu de semicondutores. O presidente da Câmara, Vítor Costa, diz que o objetivo é passar de 20 mil para 50 mil m2. O projeto resulta de uma parceria com a Infineon e tem como objetivo aumentar a independência da Europa nos semicondutores e diminuir a dependência do extremo oriente.

Vítor Costa explica que houve vários países na corrida e Portugal ganhou. A empresa vai contratar para Vila do Conde mais 800 trabalhadores. 

O processo de ampliação já está aprovado e o licenciamento está para “muitíssimo breve”. O investimento é de várias dezenas de milhões de euros.

Vítor Costa está feliz por ter conseguido ganhar a corrida e lembra que, na altura, houve muitas críticas à chegada da na altura Siemens, que foi uma aposta política da autarquia, liderada por Mário Almeida. 

Neste momento, há áreas suficientes nos terrenos da Amkor para a expansão, mas a próxima proposta de Plano Diretor Municipal (PDM) irá salvaguardar futuras ampliações naquela zona. O edil explica ainda que a Câmara foi capaz de ser rápida e manter sempre uma relação muito próxima com a empresa. De outra forma, o investimento poderia ter fugido.

A ideia é ter a ampliação da Amkor pronta já no primeiro semestre de 2025. A gigante americana de embalagem e teste de semicondutores Amkor Technology vai gerir a linha de produção, enquanto a alemã Infineon ficará responsável pela equipa que dará apoio na área de engenharia e desenvolvimento.

- Publicidade -spot_img
Password protection
Enter Password To Unlock This Content
The Password is: 123
Unlock content
Want to collect
more emails?
Learn 10 of the most effective list-building power mover and grow your list fast.
Download the FREE guide